Friday, April 07, 2006

A Maçonaria em Leiria


<"A Maçonaria e as religiões não disputam espaços", procuram praticar o bem, os seus membros são 'recrutados' por serem homens livres e de bons costumes, com condutas de vida orientadas para valores como a fraternidade e a liberdade. Em sessões maçónicas, partilham experiências, e os 'irmãos' trabalham em conjunto para se tornarem pessoas melhores.>
Recentemente, teve lugar em Leiria, um seminário sobre os valores da Maçonaria.
Mapril Bernardes é, desde há poucos meses, o Venerável Mestre da Loja 'Luís de Camões' de Leiria.
_________
O "Diário de Leiria" de hoje, publica uma extensa entrevista a Mapril Bernardes que, sintetizando, explica o que é e os valores defendidos pela Maçonaria:
_____________
DL - E que valores é que defende a Maçonaria?
MB - A fraternidade, desde logo, e a liberdade. São valores absolutamente fundamentais para nós.
DL - Como é que esses valores são exercidos pelos maçons?
MB - Estes valores são exercidos, em primeiro lugar, através de uma procura do aperfeiçoamento individual. Aquilo que nós procuramos é aperfeiçoarmo-nos a nós próprios, o que fazemos, evidentemente, em grupo. É mais fácil se nos ajudarmos uns aos outros a sermos melhores, sendo que depois haverá, na perspectiva da Grande Loja Legal e Regular de Portugal, neste caso concreto do Supremo Conselho de Portugal do Rito Escocês Antigo e Aceite, valores que depois são trazidos individualmente para a sociedade. Portanto, nós, em primeiro lugar, procuramos aperfeiçoarmo-nos, e se nos procuramos aperfeiçoar é porque não somos perfeitos, não somos melhores nem piores que os outros, somos pessoas que procuram ser melhores. Tentamos aperfeiçoarmo-nos e depois tentamos de alguma forma, e dentro da área em que nos movimentamos, fazer valer esses valores através do nosso exemplo, da nossa acção. A prática da solidariedade é uma coisa extremamente importante, como é evidente.
...
_____________
A questão da Maçonaria ainda hoje representa, para muitas pessoas, como que um movimento essencialmente anti-clerical, no sentido em que era tido como um movimento religioso "anti-Cristo", logo condenável pela maioria da população, tradicionalmente educada desde a infância segundo as ideias e os ritos da Igreja Católica, apostólica e Romana. Ainda me lembro das autênticas "lavagens ao cérebro" a que éramos submetidos em pequenos, particularmente nas zonas rurais, por volta dos anos 50 a 70, pelo menos. Daí a desconfiança com que, ainda hoje, é olhada por muita gente. É certo que a Maçonaria só ultimamente é que se tem aberto à sociedade em geral, o que tentou mostrar também com a realização deste seminário público.
Muito se poderá dizer e aprender relativamente à Maçonaria e não faltam livros no mercado, sobre esta matéria. Coisa impensável há umas décadas atrás.
- ver post colocado hoje em http://dispersamente.blogspot.com
asn

3 comments:

Carmen Lara said...

Venho divulgar a minha ARTE MAÇÓNICA. Podem visitar em:

www.artemaconicadacarmen.blogspot.com

Um Abraço,

Carmen Lara Alexandre

Dezidero EM PORTUGAL said...

Qual o endereço da Loja em Leiria?

Dezidero EM PORTUGAL said...

dezidero@gmail.com